SINPOL RIBEIRÃO PRETO

Sinpol reúne-se com Nogueira

Encontro com prefeito de Ribeirão Preto ocorreu graças ao apoio do vereador Bertinho Scandiuzzi e Eumauri aproveitou e pediu apoio para trazer mais policiais civis para a região

O presidente do Sinpol, Eumauri Lúcio da Mata; o segundo vice-presidente do sindicato, Darci Gonzales e a diretora-Secretária Fátima Aparecida Silva, reuniram-se com o prefeito de Ribeirão Preto, Antônio Duarte Nogueira Júnior no dia 28 de junho. O encontro ocorreu no Palácio Rio Branco e foi articulado pelo vereador Bertinho Scandiuzzi, que também participou da reunião, junto com o secretário da Casa Civil de Nogueira, Renato Aguiar, e do secretário adjunto da Casa Civil, Renê Scatena.

Durante o encontro, Eumauri agradeceu ao prefeito por ter sancionado a LCM (Lei Complementar do Município) 2.985, de 15 de agosto de 2019, concedendo direito real de uso do imóvel de propriedade ao Sindicato dos Policiais Civis da Região de Ribeirão Preto (Sinpol). A Lei sancionada por Nogueira trata justamente do terreno onde foi construída e está hoje instalado o Sindicato, na Rua Pedro Pegoraro, 360.

Ele também aproveitou para pedir apoio a Nogueira com o objetivo de trazer mais recursos humanos para a Polícia Civil em Ribeirão Preto. “Fui policial civil por 34 anos. Há quase 30 anos fui chefe dos investigadores do 2º Distrito e, na época, tinha 18 investigadores, 19 comigo. Depois fui para o 1º DP, onde tive mais de 20 e tive que colocar uma lousa para anotar os recados. Hoje tem distrito que tem um ou dois. E quando sai de férias, tem que remanejar”, observou Eumauri.

Segundo o presidente do Sinpol, é impossível esclarecer crimes com uma falta de pelo menos 300 policiais civis para Ribeirão Preto, nos cargos de escrivão, investigador e delegado. “Isso somente para repor as vagas surgidas por quem se aposentou, pediu baixa, está licenciado, faleceu ou foi exonerado”, acrescentou Eumauri.

Nogueira declarou estar bastante preocupado com a questão da falta de recursos humanos. Ele teria uma reunião com o governador João Dória Júnior no dia 29 de junho e pediu para o Sinpol encaminhar um ofício com as reivindicações e os dados de aumento dos homicídios. “Vou apresentar o vídeo da nova sede do Sinpol para o governador e mostrar que se trata de uma categoria de credibilidade, com uma justa reivindicação. Vou pedir para que ele avalie essa situação dos recursos humanos o quanto antes e nos dê um retorno”, prometeu Nogueira.

O vereador Bertinho Scandiuzzi, articulador da reunião, também se comprometeu a lutar pelo aumento do número de policiais civis em Ribeirão Preto. Ele é do mesmo partido que o prefeito de Ribeirão Preto e o governador do Estado, o PSDB. Bertinho disse que a cidade precisa sim de mais policiais civis e isso é uma luta de todos os que defendem a pujança de Ribeirão Preto.

O prefeito também vai pedir ao governador Dória que receba Eumauri e outros policiais civis. “Até hoje somente João Dória Júnior não nos recebeu para, ao menos, ouvir nossas reivindicações”, acrescentou Eumauri, que ouviu do prefeito que irá articular para que o encontro aconteça. Ao término da reunião, Nogueira pediu para seu secretário da Casa Civil, Ricardo Aguiar, que agende uma data para sua visita à sede social do Sinpol.
Por: Adalberto Luque

A partir da esquerda: Darcy Gonzales, Ricardo Aguiar, Bertinho Scandiuzzi, Fátima Aparecida Silva, Duarte Nogueira Jr., Eumauri Lúcio da Mata e Renê Scatena

Postagens Relaciondas